3 sinais de que os dentinhos da criança precisam de cuidados

Os dentinhos de leite da criança também exigem cuidados, como escovação, uso de fio dental e até visita regular ao dentista, conforme afirma o dentista Dr. Christian Wehba no programa Papo de Mãe da TV Cultura.

Sabemos que quando os dentinhos nascem é um momento de grande alegria para família, pois a partir de agora a criança entra em uma nova fase de alimentação. Ela experimentará alimentos mais sólidos e, além disso, o sorriso dela fica ainda mais encantador.

Esses dentinhos de leite, também conhecidos como decíduo, em uma certa idade começam a ficar moles para cair e dar lugar aos dentes definitivos. Isso porque o corpo da criança está passando por transformações em uma fase importante da infância que, assim como outras, exige a atenção da família.

Por isso, é importante acompanhar com cuidado esse momento para evitar que ocorram problemas bucais, você sabia disso?

Pensando nisso, reunimos neste post 3 sinais mais comuns que mostram que os dentinhos de leite da criança precisam de atenção.

Quando levar a criança ao dentista?

Antes daremos uma dica é importante, é preciso saber que, segundo o doutor Wehba, os pais devem levar a criança ao dentista assim que os primeiros dentes nascem.

Porque além de cuidar bem da saúde bucal da criança, evitando problemas futuros com cáries, ir ao dentista deve se tornar um hábito para que ela não tenha medo, algo muito comum entre os pequenos e até entre alguns adultos, não é mesmo?

Dentes de leite: quando começam a troca?

Por volta dos 6 anos os dentinhos de leite começam a amolecer para que os dentes definitivos ocupem o seu lugar. Podemos dizer que os dentes de leite preparam o espaço para que os definitivos sejam bem acomodados.

Durante esse período é preciso um acompanhamento cuidadoso. Para te ajudar nisso, preparamos a seguir os 3 sinais que indicam que os dentinhos da criança precisam de cuidados, veja:

1º Sinal : manchas de diferentes cores na superfície do dente

Os dentinhos que apresentam manchas brancas ou amarronzadas que aparecem entre eles é o primeiro sinal de que é preciso tomar mais cuidado com a saúde bucal da criança.

Essas manchas indicam uma desmineralização do esmalte do dente, ou seja, é o início de uma cárie dentária e saiba: cárie não é normal.

Esse sinal tende a aparecer principalmente naqueles que não fazem o uso do fio dental, segundo o doutor Christian, o uso do fio dental é necessário para uma limpeza completa, pois a escovação limpa a parte da frente, a parte de trás e de cima, mas não consegue limpar entre os dentes.

Os dentes que começam a nascer, apresentando pontinhos na gengiva (também chamados de erupcionados) requerem cuidados especiais, pois eles ainda não estão totalmente mineralizados, ou seja, não estão totalmente protegidos e assim ficam frágeis à cárie.

2º Sinal: dentes crescendo, atenção redobrada!

É importante ficar atento ao tempo em que os dentes estão demorando para nascer totalmente, pois em muitos casos, o dente permanente pode ficar retido dentro do osso por falta de espaço para sair.

Isso acontece na troca dos dentes de leite pelos permanentes que se inicia entre cinco e seis anos, quando começa a nascer os incisivos centrais inferiores.

Com este evento, que ocorre mais lá no fundo da boca, estará nascendo os primeiros molares permanentes e se os outros merecem atenção especial, estes ainda mais.

Pois muitos pais pensam que eles também serão substituídos por outro dente e normalmente não dão muita atenção, mas eles só nascem nesse período e são definitivos.

3º Sinal: mordida cruzada

É bem comum também na primeira dentição a mordida ficar cruzada, quando alguma parte da arcada dentária superior (maxilar) encaixa por dentro da arcada inferior (mandíbula) e não em cima como deveria ser.

A mordida cruzada tende a ser mais fácil de ser diagnosticada pelos pais na parte da frente, mas já na posterior muitos não percebem.

E, é de extrema importância corrigir essa mordida torta, seja com aparelho fixo ou removível, porque a mordida cruzada pode trazer inúmeros problemas para saúde (quer saber mais sobre isso, preparamos um artigo, clique aqui e leia).

Assim, é possível reverter a mordida cruzada já na primeira infância para não comprometer o desenvolvimento ósseo dos maxilares e também para evitar a necessidade de se fazer uma correção cirúrgica no futuro.

Dentinhos saudáveis

Dentinhos saudáveis, sem cáries, sem manchas, com a mordida correta além de importante para saúde bucal, também afeta a estética, deixando a criança mais confiante e satisfeita com sua aparência.

Por isso, fique atento aos sinais que apresentamos e não esqueça de levá-la regularmente ao dentista.

Então, crie este hábito. Venha conhecer nosso atendimento especial para criança, você pode agendar uma visita conosco clicando aqui é bem fácil.


Comentarios


Nos envie uma mensagem