Bipolar: quando a minha depressão saúda a minha mania e vice versa

Segundo a ABTB (Associação Brasileira de Transtorno Bipolar) este transtorno atinge aproximadamente 4% da população brasileira.

O termo bipolar vem sendo muito falado ultimamente. É comum, em meio à uma conversa, de repente ouvirmos “Aquela pessoa ali é bipolar”. Mas afinal de contas qual é o significado da palavra bipolaridade, na psicologia?

O termo bipolar vem de “bi” que significa dois e da palavra grega “Polos” que significa eixo/extremidade. Em outras palavras o transtorno afetivo bipolar (F.31 na classificação do CID-10) se caracteriza pela oscilação entre dois polos, ou nesse caso, dois episódios: episódios #maníacos e episódios #depressivos. Esses episódios tem algumas características bem específicas.

As principais características da mania:

  • Aumento da autoestima
  • Insônia
  • Muito falante, com uma produção verbal rápida e muitas vezes sem lógica
  • Fuga de ideias
  • Distraibilidade
  • Agitação psicomotora
  • Arrogância
  • Desinibição social e sexual
  • Tendência exagerada a comprar objetos ou a dar seus pertences
  • Ideias de grandeza, de poder, de importância social, entre outras características.

As principais características da depressão:

  • Incapacidade de sentir prazer em várias esferas da vida
  • Tristeza, melancolia
  • Desânimo e perda de interesse
  • Aumento ou perda do apetite
  • Sono
  • Fadiga, perda de energia
  • Pessimismo
  • Baixa autoestima
  • Concentração prejudicada
  • Pensamentos de morte ou suicídio
  • Retardo/agitação motora
  • Choro fácil e/ou frequente
  • Irritabilidade aumentada, entre outros sintomas.

O mais importante é lembrar que para que uma pessoa possua o transtorno bipolar é necessário que ela apresente 3 ou mais características de cada um dos episódios pelo período MÍNIMO de uma semana.

Não é raro que a bipolaridade seja confundida com o Transtorno de Personalidade Borderline, pois apresentam características parecidas. Por isso é importante fazer o diagnóstico correto e o tratamento com um psicólogo e por um psiquiatra.

Somos mais do que um transtorno, somos pessoas por inteiro. Não tenha vergonha de pedir ajuda e de buscar por um profissional qualificado. A sua saúde vem sempre em primeiro lugar.

Ligue para a #BelaClin e marque um horário com nosso psicólogo clínico Arthur Breanza Figueiredo.

[ BelaClin - Clínica Multidisciplinar ] 
www.belaclin.com.br | 


Comentarios


Nos envie uma mensagem