Respiração Bucal: quais as suas consequências?

Publicado por:  Autor Desconhecido

A respiração é indispensável para a vida, além de atuar nos processos de crescimento e desenvolvimento craniofacial e do corpo como um todo. Quando por algum fator qualquer a respiração não se der por via nasal o acesso será substituído pela boca. O uso desta via como alternativa, em médio ou em longo prazo, pode acarretar uma série de prejuízos ao organismo, já que o ar deixa de ser umidificado, aquecido e filtrado de suas impurezas.

Algumas das consequências da respiração oral são bastante visíveis, como as assimetrias faciais, problemas posturais e alterações de tônus muscular. Ficam também evidenciados alterações craniofaciais e dentárias, alterações dos órgãos fonoarticulatórios, alterações das funções orais, entre outros.

É papel do fonoaudiólogo realizar uma avaliação global, promover um controle clínico e funcional verificando se há outras funções ou estruturas comprometidas e posteriormente reabilitá-las.    

Agende uma consulta, nossa equipe está pronta para te atender.


Comentarios


Nos envie uma mensagem