Retração gengival ou recessão da gengiva: saiba tratar e prevenir

A retração gengival, também chamada de recessão da gengiva, causa grande sensibilidade nos dentes.

Você já deve ter sentido uma dor incômoda ao tomar uma água gelada ou uma bebida quente, essa sensação pode ser a recessão da gengiva.

Esse mal é muito comum entre os pacientes que procuram o dentista, segundo um informe publicitário no jornal da ABO (Associação Brasileira de Odontologia), estima-se que 39% da população tenha esse problema.

Esse problema deve ser encarado de frente, pois, segundo Antonio Wilson Sallum, professor da UNICAMP, pessoas que têm a retração gengival fogem dos sintomas.

Elas evitam tomar bebidas geladas e quentes para não sentirem o incômodo e até evitam escovar a área atingida.

Com isso, o diagnóstico fica prejudicado. Já que a pessoa acaba dando um jeitinho de viver numa boa com isso.

Para que isso não ocorra com você, preparamos neste artigo todas as informações sobre a retração gengival, confira:

  • O que é retração gengival
  • Causas da recessão da gengiva
  • A retração gengival tem cura?
  • Como se prevenir e tratar a recessão da gengiva

O que é retração gengival

A retração gengival ocorre quando a gengiva diminuiu o campo de proteção em cima do dente, ou seja, é quando a parte que liga o dente a gengiva fica mais exposto.

Isso não é difícil de se perceber, se você tem muita sensibilidade nos dentes, experimente ir ao espelho e ver que uma parte da raiz do dente está exposta. Pode ser que você esteja driblando a recessão gengival evitando a dor, mas ela está lá.

E será que a melhor solução é fugir dos alimentos, deixar de comer o que gostamos e às vezes até evitar um sorriso? Penso que não, certo?

Então a melhor maneira é realizar o tratamento, depois se prevenir para que não acontece novamente, concorda?

Causas da recessão da gengiva

As causas da recessão da gengiva estão ligadas aos seus hábitos e elas podem ser diversas, por isso, enumeramos algumas, veja:

  • periodontite, infecção dos dentes, da gengiva e dos ossos em volta, para saber um pouco mais sobre isso, clique aqui
  • trauma oclusal, lesão que ocorre por pressão nos dentes, ou restaurações altas
  • dentes acavalados: dentes que disputam o mesmo espaço
  • traumatismo causado pela má escovação, muita força ao escovar os dentes e até escovas com cerdas duras
  • aparelho dental mal colocado (conheça mais sobre aparelhos dentais aqui)
  • avanço da idade gera perda óssea e isso é natural.

A retração gengival tem cura?

Sabendo que a retração gengival é muito mais que um problema estético, já que a exposição de parte da raiz do dente causa hipersensibilidade, você deve querer saber se isso tem cura, certo?

A verdade é que depende do caso, a doutora Dra. Iara Hamaoka, cirurgião-dentista, diz que é possível realizar cirurgias na gengiva, mas como se trata de uma cirurgia de resultados não previsíveis, só vale a pena tentar em alguns casos.

Caso não seja possível uma cirurgia para reverter a retração da gengiva, então a melhor solução é o tratamento para controle da sensibilidade dental que pode ser feita com a restauração, um procedimento paliativo adotado quando não é possível realizar o enxerto.

Normalmente, a recessão não causa perda dos dentes, mas é preciso avaliar, porque se houver uma inflamação, o resultado pode ser outro.

Como tratar a recessão da gengiva

Para tratar a sensibilidade da gengiva causada pela recessão é possível usar pastas de dentes focadas nisso, também existem soluções para realização de bochechos. Uma outra solução é a aplicação de flúor concentrado.

É claro que tudo depende do seu caso, o nível de sensibilidade e de retração, por isso, tem que ir ao dentista para que ele escolha a melhor forma de tratamento para você.

O tratamento também passa pela escovação, dependendo da força que você aplica e o tipo de escova que usa, será preciso uma reeducação de como se escovar os dentes.

Recomenda-se que seja feito a limpeza profissional sempre que seu dentista achar necessário.

Se houver restauração próxima da gengiva, talvez seja preciso refazê-las. E também o uso de aparelho dental para alinhamento dos dentes.

Prevenção

Por fim, falaremos sobre a prevenção da retração gengival. Lembre-se que com o avançar da idade a recessão da gengiva é normal, mas o nível dependerá de vários fatores.

Por isso, fazer um acompanhamento médico o quanto antes e tomar medidas de prevenção são importantes para diminuir e retardar o desconforto.

Então para prevenir a retração da gengiva, recomenda-se a substituição de escovas de dentes com cerda dura para cerdas macias. Tomar cuidado com a força usada na hora da escovação.

Usar fio dental diariamente, e é claro fazendo acompanhamento médico a cada seis meses pelo menos.

Tomando essas medidas você irá melhorar a sensibilidade dos seus dentes, evitará o quanto possa a retratação da sua gengiva e assim poderá comer o que gosta sem problemas e não sentirá vergonha ao soltar um sorriso, certo?

O que você achou das informações? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe o texto com seus amigos.


Comentarios


Nos envie uma mensagem